terça-feira, 29 de setembro de 2009

Música nova - Burial

Não foi fácil descobrir este vídeo, e é provável que seja retirado dentro de pouco tempo. Fui à procura de um streaming para linkar para aqui, mas não encontrei nenhum. Alguém sabe explicar porque é que a editora pede para tirar o vídeo, por causa de direitos de autor, mas não coloca a música para se ouvir - e conhecer - em nenhum sítio? Depois queixem-se!

Ressequido, praticamente sem forças, é como William "Burial" Bevan parece existir dentro de "Fostercare". A percussão ultra-minimalista, o ranger dos sub-graves, a voz new age/soul transplantada para terra queimada, reminiscente das que povoavam "Untrue", o seu segundo disco, encurtaram de tal forma as distâncias que soam como se estivessem no quarto connosco. Isto já não é nenhuma simples descrição de solidão urbana, como se gosta de atribuir ao dubstep. Isto já se tornou algo muito mais pessoal e transmissível. A personagem já nem para a rua se atreve a olhar. A luz tremelica, e ficamos sem saber se se conseguirá acender ou não.

Para ver - "Fostercare"

2 comentários:

Victor Afonso disse...

O vídeo já não está disponível...

Beep Beep disse...

É como eu disse no primeiro parágrafo...

http://www.youtube.com/watch?v=JpVUmrk8XEM